Formação Comboniana de Base

A formação de base para os jovens que querem ser missionários no instituto dos missionários combonianos de coração de Jesus ( MCCJ) tem três etapas: postulantado, noviciado e juniorado. São etapas que seguem um caminho gradativo e processual encaminhando o jovem candidato a uma consagração definitiva e generosa ao Senhor para o apostolado missionário além fronteiras.

  • Postulantado “Irmão Alfredo Fiorini”

    O caminho formativo dos missionários combonianos inicia no postulantado.

    O postulando dos Missionários Combonianos está localizado em Curitiba – PR, no bairro Fazendinha, periférico ao sul da cidade, na Paroquia Santa Amélia.

    A formação acontece no ambiente simples e popular, pois acreditamos ser um lugar privilegiado para uma autentica formação missionária comboniana.

    O processo educativo comboniano é vivido a partir da missão e fundamentado na pessoa de Jesus Cristo e carisma de São Daniel Comboni.

    Essa comunidade formativa é dedicada ao Ir. Alfredo Fiorini, irmão missionário médico italiano que foi morto durante a guerra civil em Mwiravale, Moçambique, no dia 24 de Agosto de 1992.

    O Postulando começa por oferecer ao jovem candidato a possibilidade de um período de amadurecimento humano e cristão num ambiente de liberdade e responsabilidade.

    A caminhada formativa comboniana, tem a duração de três anos, orientado por quatro pilares:

    • A vida espiritual (vida de oração). O jovem procura aprofundar sua relação pessoal com Deus através da oração pessoal e comunitária.
    • A vida comunitária: Uma experiência fraterna de conviver com outros jovens, partilhando juntos os vários serviços práticos dentro da casa de formação, aprendendo a viver em comunidade, partilhar as visões e um projeto comum de missão. Crescendo também no respeito de cada um na sua diversidade.
    • A vida de estudo: O estudo ocupa um espaço principal e importante na formação. Uma boa preparação intelectual revela-se fundamental no trabalho missionário. Para os candidatos ao ministério sacerdotal, deve seguir os estudos acadêmicos de filosofia. Os candidatos a irmão comboniano segue uma formação específica profissional, escolhido pelo candidato, segundo suas aptidões, para que seja capacitado profissionalmente para um serviço missionário qualificado.
    • Serviço pastoral: A atividade apostólica desempenha um papel importante no processo de formação e de identificação vocacional comboniana. Por isso, assumimos colaborar na pastoral da Paróquia. Assim cada jovem seminarista assume um trabalho de acompanhamento de comunidades e de uma pastoral na paroquia, contribuindo na sua identificação missionária e no seu crescimento apostólico.

    O postulantado possibilita ao candidato um período de amadurecimento humano, um suficiente conhecimento de si mesmo, com uma boa identificação com suas raízes culturais, uma profunda experiência de vida comunitária; Um caminho de amadurecimento cristão num ambiente de liberdade e responsabilidade para o crescimento na maturidade missionária, que lhe permita, num espírito de discernimento, uma decisão consciente.

    A caminhada no postulantado é uma preparar em vista do ingresso ao noviciado. O noviciado é uma fase importante e decisiva na vida do jovem que quer s consagrar sua vida a missão, que o seja uma decisão responsável.

  • Noviciado Comboniano

    A etapa do noviciado é um momento único para aprofundar a vida de oração e conhecimento de Cristo. Dá também para estudar e refletir de forma aprofundada sobre a vida e obra do nosso fundador, Daniel Comboni. Tem ainda a vida em comunidade.

    Caracteriza-se como um tempo propício para:

    • a reflexão sobre as motivações que cada jovem tem para entregar-se ao trabalho missionário;
    • um maior conhecimento da congregação;
    • através das formações e do contato com missionários experientes, apaixonar-se pelo Cristo, missionário sem fronteiras.

    Nós do Brasil nos unimos aos demais jovens da América Latina e vivemos esta etapa no México. Tem uma duração de dois anos, sendo alternados períodos destinados mais à oração e o silêncio, e outros períodos de experiência de missão em lugares de necessidade e também experiências de vida comunitária em uma das comunidades combonianas.

    Ao finalizar o noviciado, o jovem faz os seus primeiros votos de religioso (pobreza, castidade e obediência) e segue para a última etapa da formação de base, que é o Juniorado.

  • Juniorado

    O juniorado é uma experiência de vivência de família religiosa. Vivemos partilhando a vida de oração, a vivência apostólica e a missão para a qual fomos chamados. Trata-se duma vida em comum, não de indivíduos isolados, ou com projetos pessoais. Fazemos missão e evangelizamos em comunidade. Programando, planejando, colocando em comum os bens materiais e espirituais que Deus nos oferece.

    Podemos indicar cinco objetivos a atingir no decurso dos 3, 4 ou mais anos que pode durar esta etapa:

    • Fazer uma profunda experiência de Deus para crescer em fidelidade a Ele;
    • uSer pessoa comunitária adotando o estilo do “cenáculo de apóstolos” numa comunidade intercultural.;
    • Viver um estilo de vida sóbrio;
    • A vivência dos valores evangélicos através da observância dos votos;
    • Preparação imediata para o serviço missionário, através de atividades apostólicas, que para os irmãos, muitas vezes são de tipo profissional.

    No caso dos estudantes irmãos, o trabalho contribui para o seu crescimento humano e espiritual, enquanto os ajuda a interpretar (‘ler’) a sua formação em chave missionária, aprendendo assim novas formas de se tornar agentes de promoção humana, integrados na igreja local.

    Normalmente, esta etapa permite ao candidato de experimentar sua própria fidelidade a Deus e à comunidade nas situações concretas de sua vida. Neste sentido, ao termo deste caminho de discernimento, ele é levado e preparado a um engajamento definitivo na congregação dos missionários combonianos para o serviço missionário. Sendo ainda um período de discernimento, pode ocorrer que ora por convite dos formadores ora por decisão própria, um candidato deixe o processo formativo por uma razão ou outra. Este fato em hipótese alguma sai do eixo previsto do período em si, mas revela o aspecto funcional e de crescimento no discernimento que é próprio do mesmo.

    Nos juniorados, a comunidade tem um perfil “internacional” seja pela equipe formativa, seja pelos candidatos. Atualmente os estudantes combonianos nesta fase são 103, distribuídos da seguinte forma:

    1postulantado
    1postulantado2
    1postulantado3

    Juniorados para irmãos:

    Bogotá, Colômbia - América do Sul
    2 estudantes

    Nairobi, Quênia – África
    8 estudantes

    Juniorados para sacerdotes:

    Cape Coast, Gana - África
    8 estudantes

    Casavatore Napoles, Itália - Europa
    13 estudantes

    Kinshasa, Congo África
    16 estudantes

    Lima, Peru - América do Sul
    8 estudantes

    Nairobi, Quênia - África
    25 estudantes

    Pietermaritzburg, África do Sul
    12 estudantes

    São Paulo, Brasil - América do Sul
    11 estudantes

 

Assine nossa Newsletter

Receba nossas notícias, basta preencher os campos abaixo:

Nos conte o seu nome :)
Email invalido
Invalid Input

Contato

    +55 (11) 3721-8733 | +55(11) 97956-8317
    Rua José Rubens, 15 | São Paulo - SP - Brasil
    combonianos@brcomboni.org.br

Visite-nos em